Jorge Nuno Silva sobre jogos de tabuleiro

Que jogo devo comprar para os meus netos no Natal?

O bom conselho é ficar pelos clássicos, o xadrez ou o jogo asiático Go, um jogo com regras simples e muito complexo, que pode acompanhar as pessoas toda a vida, como acontece com o xadrez – as pessoas evoluem. São jogos abstratos que nunca desiludem.”

Jorge Nuno Silva, professor do Departamento de História e Filosofia das Ciências da Faculdades de Ciências da Universidade de Lisboa, numa interessante entrevista ao DN sobre o maravilhoso mundo dos jogos de tabuleiro.

Para ler na íntegra aqui.

Google homenageia Honinbo Shusaku

O Google celebra hoje o 185º aniversário de Honinbo Shusaku com um doodle comemorativo:

Shusaku (nascido a 6 de Junho de 1829, falecido em 10 de Agosto de 1862), conhecido como “Invencível” devido ao seu recorde de 19 vitórias consecutivas nos Jogos do Castelo, perante o Shogun e a corte, é considerado um dos maiores génios do Go que existiu. O seu nome está ligado ao fuseki Shusaku, ilustrado no doodle, e à famosa “jogada da orelha vermelha”, em que um espectador que assistia à sua partida contra Gennan Inseki notou que as orelhas de Inseki ficaram vermelhas após uma jogada de Shusaku, que inverteu a vantagem inicial de Inseki. Historiadores de Go deram-lhe o título de “Santo do Go”(Kisei). Foi também retratado no manga/anime Hikaru no Go como habitado pelo espírito de Fujiwara no Sai, um dos protagonistas.

Para saber mais sobre Shusaku consulte os seguintes links:

Shusaku em Sensei’s Library

Honinbo Shusaku na Wikipedia em língua portuguesa